GASOLINANDO
Informação de alta octanagem.

Leds, faça você mesmo

Existem alguns modelos de LEDS no mercado, sendos estes destinados para varios usos, como na arquitetura, iluminação externa de veículos nos faróis e lanternas, dentre outros. Sendo assim primeiro precisamos escolher o mais específico para nossa aplicação. Hoje os leds de alto brilho de 5mm são os mais utilizados em qualquer tipo de personalização de iluminação, mas mesmo assim ainda existem leds de outros tamanhos e a principal especificação que você deverá cuidar é a medida de milicandelas do mesmo. Mas o que são milicandelas? É a medida usada para definir a potencia dos leds. A maioria dos LEDS que são vendidos hoje nos mercados nacionais são de 15.000mcd ou 20.000mcd, mas existem modelos à venda de até 100.000mcd
led0121

Ótimo, já escolhi o modelo de LED e agora, como eu faço para ligar ele? Para os leds funcionarem, eles precisam de um resistor, pois trabalham com tensões mais baixas que o normal de uso diário, como por exemplo, 12V em fontes alternativas, 14V no carro em aceleração, 220V ou 110V em casa. Já os LEDS têm a sua tensão, que varia entre 1,6V a 3,3V. Por isso a vida útil de um led é 100.000 horas ou mais.
Para se calcular a resistência que deverá ser usada no led escolhido, utiliza-se a fórmula abaixo:

[Tensão de Entrada(Volts)] – [Tensão do Led(Volts)] / [Corrente do Led(Ampéres)] = [valor do Resistor(Ohms)]

Por exemplo, se formos aplicar um led de alto brilho de 5mm, que geralmente trabalha com uma corrente de 20 mA (0,02A) e a tensao de 3.2V (Leds azuis, brancos, verdes ou Ultravioleta) em nosso automóvel (que no momento de aceleração pode chegar a 14V) teremos o seguinte cálculo:

14 – 3,2 / 0,02 = 540 Ohms

Sendo assim iremos utilizar um resistor de 560 Ohms (valor mais próximo dos 540 Ohms obtidos) para termos uma boa relação durabilidade/brilho de nosso LED.
Mas e agora? Onde devo soldar os resistores no meu led? Confira abaixo uma representação da montagem dos leds e também dos pólos do mesmo:

Repare no comprimento das pernas (terminais) do led e também no formato das “peças” internas do led
led_resistor

É importante deixar claro que para uma boa durabilidade dos leds, os mesmos devem receber uma solda rápida, pois o aquecimento gerado pelo soldador poderá diminuir a vida útil de nosso diodo emissor de luz.

Muito bem, já sei identificar um led, o seu resistor, soldar os 2, mas e agora como eu monto algo? Muito simples, agora ligue o terminal positivo no pólo positivo de uma fonte de energia e o terminal negativo no pólo negativo. Veja abaixo um exemplo de aplicação de leds para montagem de uma barra para iluminar os tapetes do seu carro:esquemadeledsrf61

Outra questão para se destacar sobre os leds são os ângulos de emissão de luz. Dependendo a cabeça do led (e em alguns casos lentes), temos emissões de 12° até 180°. Quanto maior o ângulo, maior será a área iluminada, mas menor a intensidade da luz no foco. Portanto na hora de comprar leds para trocar a iluminação do seu painel ou fazer uma sinaleira nova para seu carro, prefira leds de cabeça chata que apesar de não terem tanta intensidade de luz no foco, espalham bem mais a luz.

Por fim, conheça mais alguns tipos de LEDS e suas finalidades. Temos Leds normais (que trabalham na casa dos 2V), os super brilho (que trabalham na casa dos 3V) e os Super Leds, que trabalham em valores diferenciados de voltagem e necessitam normalmente de dissipadores de calor. Nos super brilho temos os Leds Ultravioleta que emitem uma luz (que o olho humano não capta) que ilumina ambientes escuros. Normalmente são usados em conjunto com câmeras de segurança ou filmadoras. Temos também os infravermelhos usados em controles remoto, celulares, etc. Eles também são leds, parecidos com os ultravioletas, que emitem impulsos de luz sincronizada para os receptores, como se estivessem simulando um código Morse. Quer ver um exemplo? Pegue o controle da sua TV, aponte para a câmera do seu celular e veja a luz que é emitida. E também não podemos esquecer-nos dos úteis LEDS tricolores que são compostos por uma espécie de “dual-led” interno, onde é possível fazer a combinação de cores e se obter uma nova ou ainda usar as cores puras, sem a necessidade da troca do diodo. Lembrando que esta variação de cor ocorre graças às mudanças de corrente de energia que o led recebe.

About these ads

22 Respostas to “Leds, faça você mesmo”

  1. ola
    gostaria de tirar uma duvida ,tenho uma moto scooter eletrica,com 5 baterias ,sei que no total da 48v,quero trocar a lampada que é resistencia ,por uma que nem das lanternas leds comums de mão,que vem com 12 leds,no farol é alta e baixa e tem tres fios,eu consegui leds de alto brilho e resistores para 12volts,como posso dividir para dar certo nos 48 volts? vou usar uma placa que tirei de uma lanterna comum com 12 leds,os resistores da lanterna sao bem pequenos.

  2. Gostei da enformação valeu

  3. amigo boa noite gostaria de fazer um farol de milha para meu caro me ajude amigo como eu consigo.

  4. Cara eu preciso saber como eu fasso uma Led de 1 volt…

    Preciso disso urgente…

    Atenciosamente Ricardo

  5. ola boa noite eu gostaria de montar um para minha filmadora que a potencia dela seja igual ha de uma lampada halogenea 1000w

  6. ola. eu posso ligar 4 leds em um mesmo resistor?
    isso danifica os leds, ou o resistor?

  7. Quero fazer um circuito para os pisca pisca da minha moto em led’s como é que eu faço…

  8. Oi, to querendo montar uma placa de led pra minha moto(sei que vende pronto mas queria montar a meu gosto) comprei uma placa de fenolite padrão(aquela toda furadinha já), 10 leds brancos, tenho 10 resistores de 1000ohms e um diodo 1n4007(um amigo meu falou que era bom colocar no negativo pra não voltar corrente e foi o mais próximo que achei do modelo que ele tinha falado).

    Minha dúvida é: como monto? kkk
    assim, a cada quantos leds coloco um resistor? e minha principal dúvida é depois de montar como vou ligar na lanterna da moto? São dois polos de 12v, pensei em pegar um bocal de lampada comum mas mesmo assim ainda não sei que fio teria que ligar onde. O negativo sei que tem que ligar no fio do bocal que se liga a parte externa dele(onde tem os pininhos pra encaixe) mas como ligar uma parte dos leds em um polo e outra parte no outro?

    Não sei se deu pra entender direito rs, se ajudar tirei uma foto da placa http://img696.imageshack.us/img696/7327/dsc00128z.jpg

  9. Ola e possível soldar 20 leds ( perna positiva ) numa para de cobre e na ponta soldar um resistor para todos. por favor manda-me a resposta mais rápido grato pela atenção

  10. vamos ver ete quando devo dar o resutado da esperiencia

  11. eu liguei um com um resistor de 150oms e ele ñ queimol

  12. gosto de mecher com leds e outras coisas eletricas vlw

  13. tipo, o led tem uma resistencia interna, vc soma as duas e faz o cauco + preciso da resistencia!!

    Ou se preferi vc liga os leds em serie de acordo com a Tensão, exmplo:

    led que precisa de 3Volts
    se vc liga 4 desse em serie vc vai poder liga a uma bateria de 12Volts,mas se for fazer essa ligação eu recomendaria liga 5 em serie por ausa da tensao de pico!

  14. cara muito obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. HAUSHAUHSASHah gostei mesmoo da edição no PAINT do sistema “Ligado” ASUHAUShUAHSaUhSa


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: