GASOLINANDO
Informação de alta octanagem.

Personalité dans la voiture

Traduzindo, personalidade na viatura! Para os que se arrastam ou pretendem se arrastar pelas ruas, aqui vai a penúltima parte da trilogia de quatro pedaços sobre Suspensões Preparadas (Parte 1 e Parte 2 aqui!). Para mandar ver com estilo, nesse post, O Senhor seu 02, irá ler sobre as famosas suspensões ajustáveis – a ar, suspensão de rosca e suspensão eletrônica! –

Esse vai ser um post longo… pegue a pipoca e prepare o saco. x)

Tente olhar por baixo...

Tente olhar por baixo...

Leia mais aqui…

Suspensão a ar. A mais famosa e chamativa das suspensões, sem dúvida. Não há sequer uma pessoa que ao escutar aquele espirro, não fiquei curioso para saber de onde vem, ou para quem já conhece, de que carro vem. A mais chamativa das suspensões também é uma das mais caras, no entando, a mais divertida. Seu funcionamento é simples. Um compressor de ar, capta o ar atmosférico, empurrando-o atravéz de um elemento filtrante e o armazena num recipiente (aquele cilindro que ocupa o porta-malas). No entando, existem diversos tipos de compressores, determinados pela sua “eficiência”, são divididos em categorias onde o mais caro e mais funcional é aquele que consegue encher o reservatório de ar em menos tempo, permitindo que o motorista suba e desça a caranga quantas vezes quiser, sem ter que se preocupar se irá faltar ou não, ar para os movimentos. Compressores mais baratos tendem a demorar mais para encher o reservatório por completo, limitando a quantidade de movimentos que o pilotero poderá fazer. Nos casos mais simples, os compressores de ar não são instalados, limitando por completo a quantidade de sobe e desce do carro, prendendo o quatro rodas, sempre, às bombas de encher pneu de posto, para completar o reservatório com ar. Este mesmo tem um sensor de pressão que ativa o compressor de ar quando é detectado um baixo nível, ou, uma baixa pressão de ar. Quando o tanque está apto a distribuir ar para as bolsas que irão subir ou descer o carro (substituindo as molas) uma solenóide interpreta o comando do motorista, determinando a pressão a ser empregada na bolsa de ar, se o caso for de admissão por parte da mesma. Esta pode ser composta por 2, ou 4 válvulas por eixo. Se forem duas, a desvantagem é que numa curva, a bolsa do eixo que está sob maior pressão tende a administrar seu próprio ar sobre a outra bolsa, que está sob menor pressão, aumentando a discrepância de altura entre os lados do carro num movimento brusco ou numa diferença de nível, prejudicando a estabilidade do carro. No caso de 4 válvulas, – (uma para cada bolsa) – há uma vantagem, este problema é corrigido e o carro ganha estabilidade. Portanto, invista pouca coisa a mais e coloque uma solenóide com 4 válvulas, diminuindo o risco de perca de controle do veículo por falta de tração (claro, isso se você andar a 1mol de km/h com seu carro nas curvas! Se for pra desfilar, não se preocupe.) Observe abaixo:

Esquema de funcionamento da suspensão a ar.

Esquema de funcionamento da suspensão a ar.

Só uma observância de minha parte. Não se se vocês, caros leitores sabiam, eu não sabia. Nos carros com molejo é possível instalar suspensão a ar empregando a seguinte adptação:

Molejo a ar, que loucura!

Molejo a ar, que loucura!

_____________________________________________________________

lll

Donut's Suspension, ou, Suspensão de Rosca. Ha, entendeu a piada infeliz !?

Seu funcionamento é bem simples, mas pouca gente sabe que na verdade a suspensão de rosca surgiu no mundo das competições profissionais e não como item de personalização, só para rebaixar o carro. A suspensão roscada é um instrumento que traz ganhos de estabilidade e tração se aplicado corretamente no veículo. Ao ser instalada, o carro deve estar sobre uma balança (sim, para medir o peso mesmo) porém, com uma balança para cada roda. Esta técnica tem por intuito distribuir o peso do carro por igual entre as extremidades, fazendo com que o mesmo, numa curva de alta tração, escape com as quatro rodas ao mesmo tempo, ao invéz de derrapar desigualmente, de frente ou com a traseira, evitando a perca de controle do veículo. A altura pode ser ajustada a gosto, mas tendo em mente que será necessário, depois de feita a alteração, fazer também, alinhamento, cambagem, caster, câmber e pesagem de cada ponta do carro ao mesmo tempo, não necessariamente nesta ordem. Procure por amortecedores roscados de dupla ação, se possível. Eles reduzem o impacto tanto para descer quanto para subir, estabilizando ainda mais o carro.

_____________________________________________________________

Suspensão eletrônica, essa tem dado o que falar! Pode ser considerada um novo conceito em suspensão. Inovadora, ela promete aliar o GRIP que a suspensão preparada ou de rosca proporciona com a praticidade da suspensão a ar. Mas o conceito em sí de suspesão ajustável eletrônica, não é novo, muito menos seu emprego em carros no quesito personalização. A novidade chega agora ao Brasil, mas no exterior esse tipo de suspensão já é ultilizado a algum tempo, e não estamos falando das famosas suspensões de Lambo, Citroen’s e família que se auto regulam de acordo com a velocidade. Não, estamos falando de suspensões customizadas para qualquer um colocar na caranga. Um exemplo é a suspensão eletrônica da GREDDY aqui em baixo. A regulagem é feita por meio de um “computador de bordo” sendo que este permite ao usuario vários tipos de regulagem pré-configurados, inclusive num destes você pode fazer o alinhamento do seu carro e só deixa-lo socado no chão quando for lhe conveninte. São mais de cinco possíveis combinações que o usuário pode deixar preparado e que são empregados com o apertar de um botão. A suspensão Tipe S é de rosca manual, mas adiquirindo esse computador e suas variáveis que regulam a suspensão, esta torna-se eletrônica. Simples, útil e segura. Dê uma confirida no site, são inúmeras informações úteis e interessantes, inclusive suspensões eletrônicas com ajuste da pressão do óleo do amortecedor para competição e muitas outros acessórios que dão agua na boca de qualquer aficcionado por rebaixados!

Suspensão Roscada Manual & Suspensão Roscada Eletrônicagreddy

Suspensão Roscada Manual & Suspensão Roscada Eletrônica

Só para finalizar a explicação: Um dos tipos de suspensão eletrônica, consiste em um “motor” que regula quantas voltas a flange roscada dará, tanto para cima quanto para baixo, regulando a altura do carro. Esse motor faz a vez da chave, que teoricamente seria ultilizada para girar no sentido horário ou anti horário a base roscada, comprimindo ou não a mola.

Bom resto de semana para nossos leitores e até o último post! Fique ligado!

2 Respostas to “Personalité dans la voiture”

  1. Uouuuuuuuuuu CORTA AS MOLA RULLESSSSS!!!

  2. Boaaa… suspensões reguláveis são definitivamente a solução pra quem tem um pouco de grana a mais doque R$80,00 pra cortar as molas! hiuhiuhiuhiuh… essa do sistema a Ar com molejo eu imaginava, mas nunca tinha visto algo explicando… muito bom isso (tem um unão verde q queria isso) xD

    Quanto a suspensão eletrônica, deve ser realmente phóda… porém não vi nenhum piloto de carmageddon com ela ainda… “/

    xD
    Race Wars x Crash Wars o/


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: